Previsão do tempo

sábado, 19 de dezembro de 2009

Projeto que cria sistema cicloviário em Tatuí é sancionado

Tatuí passa a ter a partir de agora seu próprio sistema cicloviário. O projeto de Lei 50/2009, criado pelo vereador Vicentão (PT) acaba de ser sancionado pelo prefeito Gonzaga e transformado na Lei Municipal 4.265.
Trata-se de uma iniciativa que tem como objetivo incentivar o uso das bicicletas entre os munícipes, contribuindo para o desenvolvimento da mobilidade sustentável. “Essa modalidade de transporte deve ser incentivada em áreas apropriadas e abordada como modelo de transporte para as atividades do cotidiano”, explicou Vicentão.
Pela Lei, o sistema cicloviário de Tatuí será composto por rede viária para transporte de bicicletas, formada por ciclovias, ciclo faixas, faixas compartilhadas e rotas operacionais de ciclismo. A ideia é que a circulação das bicicletas aconteça separada fisicamente do tráfego geral já estabelecido, delimitada por sinalização específica, utilizando parte da pista ou da calçada. Haverá ainda faixas compartilhadas, devidamente sinalizadas, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro.
A estrutura também deverá ser constituída de locais específicos para estacionamento: os bicicletários e paraciclos. Os bicicletários são espaços destinados para estacionamento de longa duração, enquanto os paraciclos são voltados ao estacionamento de curta e média duração em espaço público.
Os edifícios públicos, as indústrias, escolas, centros de compras, condomínios, parques e outros locais de grande fluxo de pessoas deverão possuir locais para estacionamento de bicicletas. O texto original da propositura ainda ressalta que a futura elaboração de projetos para construção de praças e parques, incluindo os parques lineares, com área superior a quatro mil metros quadrados, deve contemplar o tratamento cicloviário nos acessos e entorno próximo, além do sistema de estacionamento.
Segundo Vicentão, as ações de implantação devem acontecer em sincronia e sob a gerência da Comissão Executiva Municipal de Trânsito (Centram). “Queremos também promover atividades educativas, visando a formação de comportamento seguro e responsável por parte dos ciclistas, sobretudo nos espaços compartilhados, além é claro da promoção do lazer ciclístico e conscientização do benefício ecológico da utilização desse veículo de transporte, limpo, seguro e que traz benefícios à saúde de quem o utiliza”, finalizou o vereador.
A matéria protocolada em 12 de maio deste ano ganhou apoio em todo Legislativo e outros vereadores passaram também a sugerir ações complementares. “Fico muito feliz que esta ação tenha encontrado eco e apoio entre os vereadores. Sinal de que o Legislativo tem trabalhado em harmonia e que as boas ideias devem sempre prevalecer e serem verticalizadas”, lembrou Vicentão.
A expectativa é de que as futuras obras a serem realizadas pelo município, por gestão própria ou parceria com outras instâncias governamentais, já tragam em sua estrutura o sistema para o trânsito de bicicletas. Os projetos para a duplicação da SP-141 e do novo anel viário do município já devem contemplar espaço às ciclovias.

Nenhum comentário: